quarta-feira, março 26, 2008

Bunda Dura...

Esse texto é atribuido a Arnaldo Jabor, não sei se é verdade. Porém achei legal...

ARNALDO JABOR - A BUNDA DURA Tenho horror a mulher perfeitinha. Sabe aquele tipo que faz escova toda manhã, tá sempre na moda e é tão sorridente que parece garota-propaganda de processo de clareamento dentário? E, só pra piorar, tem a bunda dura!!!

Pois então, mulheres assim são um porre. Pior: são brochantes. Sou louco? Então tá, mas posso provar a minha tese. Quer ver?

a) Escova toda manhã: A fulana acorda as seis da matina pra deixar o cabelo parecido com o da Patrícia de Sabrit. Perde momentos imprescindíveis de rolamento na cama, encoxamento do namorado, pegação, pra encaixar-se no padrão 'Alisabel', que é legal, por que todas as amigas tem o cabelo igual..... Burra.

b) Na moda: Estilo pessoal, pra ela, é o que aparece nos anúncios da Elle do mês. Você vê-la de shortinho, camiseta surrada e cabelo preso? JAMAIS! O que indica uma coisa: ela não vai querer ficar desarrumada nem enquanto estiver transando.

c) Sorriso incessante: Ela mora na vila dos Smurfs? Tá fazendo treinamento pra Hebe? Sou antipático com orgulho, só sorrio para quem provoca meu sorriso. Não gostou? Problema seu. Isso se chama autenticidade, meu caro. Coisa que, pra perfeitinha, não existe. Aliás, ela nem sabe o que a palavra significa...... Coitada.

d) Bunda dura: As muito gostosas são muito chatas. Pra manter aquele corpão, comem alface e tomam isotônico (isso quando não enfiam o dedo na garganta pra se livrar das 2 calorias que ingeriram), portanto não vão acompanhá-lo nos pasteizinhos nem na porção de bolinho de arroz do sabadão.
Bebida dá barriga e ela tem H-O-R-R-O-R a qualquer carninha saindo da calça de cintura tão baixa que o cós acaba onde começa a pornografia: nada de tomar um bom vinho com você. Cerveja? Esquece!

Legal mesmo é mulher de verdade !!!! E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa.. Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira. Pode até ser meio mal educada as vezes, mas adora sexo.
Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução (e, às vezes, nem chegam a ser um problema). Mas ainda não criaram um remédio pra futilidade.

E não se esqueça.... Mulher bonita demais e melancia grande, ninguém come sozinho!!!!!!!

terça-feira, março 18, 2008

Bruuuummmm... Bruuuuuuummmmm

Brrrruuuummmmm... bruuummm... França... francesa....

bruuummm... bruuuummm... leão... rei...

bruuummm... bruuuummm... Fabricante... Peugeot...

bruuummm... bruuuummm... céu nublado... cor cinza escuro...

bruuummm... bruuuummm... idade... 5 anos... portas 4...

bruuummm... bruuuummm... céu insolarado... ar condicionado...

bruuummm... bruuuummm... manobras... direção hidraulica...

bruuummm... bruuuummm... potencia... 1.6... 16 valvulas...

bruuummm... bruuuummm... conforto... descanso... merecimento... orgulho...

bruuummm... bruuuummm... é o meu novo 206 !

Vou dar um rolê... falou....

fui... bruuummm... bruuuummm...

sexta-feira, março 07, 2008

Marvin

Titãs - Marvin R. Dunbar / G. N. Johson / Nando Reis / Sérgio Britto

Meu pai não tinha educação
Ainda me lembro, era um grande coração
Ganhava a vida com muito suor
Mas mesmo assim não podia ser pior
Pouco dinheiro pra poder pagar
Todas as contas e despesas do lar

Mas Deus quis vê-lo no chão
Com as mãos levantadas pro céu
Implorando perdão
Chorei, meu pai disse: "Boa sorte",
Com a mão no meu ombro
Em seu leito de morte

E disse
"Marvin, agora é só você enão vai adiantar
Chorar vai me fazer sofrer"

Três dias depois de morrer
Meu pai, eu queria saber
Mas não botava nem um pé na escola
Mamãe lembrava disso a toda hora
Todo dia antes do sol sair
Eu trabalhava sem me distrair

As vezes acho que não vai dar pé
Eu queria fugir, mas onde eu estiver
Eu sei muito bem o que ele quis dizer
Meu pai, eu me lembro, não me deixa esquecer

Ele disse
"Marvin, a vida é pra valer
Eu fiz o meu melhor
E o seu destino eu sei de cor"

E então um dia uma forte chuva veio
E acabou com o trabalho de um ano inteiro
E aos treze anos de idade eu sentia
todo o peso do mundo em minhas costas
Eu queria jogar mas perdi a aposta, e
Trabalhava feito um burro nos campos
Só via carne se roubasse um frango
Meu pai cuidava de toda a família
Sem perceber segui a mesma trilha
Toda noite minha mãe orava
"Deus, era em nome da fome que eu roubava"

Dez anos passaram, cresceram meus irmãos
E os anjos levaram minha mãe pelas mãos
Chorei, meu pai disse: "Boa sorte"
Com a mão no meu ombro
Em seu leito de morte

"Marvin, agora é só você
E não vai adiantar
Chorar vai me fazer sofrer".
"Marvin, a vida é pra valer

Eu fiz o meu melhor
E o seu destino eu sei de cor".

domingo, março 02, 2008

Jogo rápido

Li isso no blog de uma amiga e achei interessante... me lembrou aqueles cadernos de meninas na infância com perguntas diferentes a cada página. lembram? a ultima pergunta normalmente era, você já beijou?? hahahaha... bons tempos..

Alegrias, Todas, afinal nunca serão demais.
Dores, as físicas, pois as da alma doem muito.
Casos, aqueles que marcam a vida.
Conselhos, os sábios.
Meninas, as bonitas.
Mulheres, as que me amam ou as que não me conhecem?? rs.. as inteligentes.
Orgasmos, os longos.
Ódios, os que passam, aqueles que ficam fazem mal.
Domicílios, os aconchegantes.
Adeuses, os inevitáveis.
Artes, aquelas que dão trabalho.
Professores, os legais.
Prazeres, a vida.
Projetos, aqueles que ainda não realizei.
Inimigos, para perdoá-los... ainda conseguirei, espero.
Amigos, poucos e bons.
Cores, o azul claro, lembra o céu e o mar.
Meses, dezembro, adoro festas, familia, farra e 13o.
Elementos, a água, pra beber, pra mergulhar, pra lavar o corpo e a alma.
Divindades, Cristo e só, porém aprendi a respeitar os que pensam diferente.
Vidas, aquelas que são vividas sem mentiras.
Mortes, as da minha família já doem muito, pai, mãe e márcio, sinto saudades.

Responder essas perguntinhas também é uma maneira de refletir um pouco.

Fui...

Leandro Marçal
Ocorreu um erro neste gadget