terça-feira, junho 17, 2008

Ai que Gêlo




Ai que frio...

Está um gêlo (assim mesmo com circunflexo pra ficar mais gêlado ainda..rs)... o frio que dói não é só o da temperatura,

esse ainda dá pra colocar blusa, ligar aquecedor, ficar embaixo do cobertor, até um chocolate quente ajuda a passar.

O que não passa é o frio da alma, o inverno interior dentro de cada um, alguns passam por fases, outros vivem em um

constante inverno de ignorância. Neste frio não há cobertor que aqueça, só conheço um tipo de calor que desfaça esse

frio, é o calor humano. Aquele calor, que aquece a alma.

Pra alguns basta um calor, para outros precisa de uma fogueira, posso dizer que me contento com uma vela. Pois seu calor

é constante, apesar de não ser o mesmo de uma fogueira, mas sua duração é longa. E como meus gêlos não se derretem muito

rápido, o calor duradouro de uma simples vela, ajuda a derretê-los.

Entre frios e calores é que se vive a vida, e esta se vive uma vez só. Por isso seja honesto com seus sentimentos, e com

os sentimentos dos outros, o tempo não volta, o que passou, passou... você já viveu, já envelheceu, e talvez amadureceu.

E mesmo que volte a aquele mesmo lugar, não será em um mesmo momento, e por voltar já perdeu o encanto da primeira vez,

da surpresa, o como será.

Como diz um jargão (e adoro eles):
Agente nasce sem pedir e morre sem querer, aproveite o intervalo!

O inverno ta aí. Com qual frio ficaremos?

Fuui,

Leandro

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget