sexta-feira, dezembro 19, 2008

Lenda da minha infância III

Aproveitando a época de Natal, vou postar uma lenda de Natal...rsrs.

Lenda da minha infância III:

Há muito tempo atrás quando telefonia pertencia a uma empresa estatal e era muito caro, na minha rua eramos uns dos poucos a ter telefone e em uma época de natal (não lembro o ano) o telefone tocava e sempre era pra um vizinho, e meus irmãos sempre atendiam e avisavam minha mãe que era pra alguém e ela, tinha que parar o que estava fazendo pra ir chamar o vizinho.
Certo dia Dna Maura anunciou, - Quem atender o telefone, é responsável por chamar a pessoa a quem se quer falar...

Passados alguns dias e ninguém queria atender o telefone, que morria de tocar... como os sábios irmãos Marçal fizeram para resolver o problema? Lê... atende o telefone filho pode ser o Papai Noel...

E o pentelho aqui claro, não saia pra chamar vizinho, quem saia era a Dna Maura que ficava com dó do filhinho (acreditem um dia fui pequeno..rs)
Pronto! Resolvido... o telefone tocava e lá estava eu voando pra atender.
Passaram algumas semanas e... nada do papai noel ligar.

Velho chato né? Ligava a familia da vizinhança inteira, mas o papai noel não, tá louco...
Chegou a véspera de Natal e o Leandrinho não queria mais atender o telefone, cabisbaixo que o papai noel não ligara.

A saída que arrumaram foi comprarem um "carreira de fichas" e mandar meu pai pro orelhão... lá se foi "seu Custódio"...

O telefone toca... toca... e nada de eu me animar pra atender, ficou minha irmã e minha mãe na sala, atende... deve ser o papai noel, Leandrinho... nada.. ele não vai me ligar... atende que é ele... fui eu e pronto atendi.

Dizem que por algum tempo se ouviu: - "fazo".. "não fazo".. - "tá bom papai noel"... - "vou papar tudo papai noel"... e a cabecinha balançando.

Quando desliguei o telefone, correram novamente pra sala, e aí quem era??
Resposta aos 4 anos!!
- Era o meu pai, fingindo que era o papai noel... hahahahaha...

Dali 10 min chega ele, todo feliz que tinha me enganado... e quem foi enganado foi ele... hahahahaha...

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget