terça-feira, junho 29, 2010

Uma baladinha do MJ... Chama-se Fall Again!

Wild Horses - Rolling Stones




Musiquinha pra relaxar... Ladies and Gentlemans, Rolling Stones for you!


Wild Horses - Rolling Stones

Childhood living is easy to do
The things you wanted I bought them for you
Graceless lady, you know who I am
You know I can't let you slide through my hands

Wild horses couldn't drag me away
Wild, wild horses couldn't drag me away

I watched you suffer a dull aching pain
Now you decided to show me the same
No sweeping exits or offstage lines
Can make me feel bitter or treat you unkind
Wild Horses couldn't drag me away
Wild, wild horses, couldn't drag me away

I know I dreamed you a sin and a lie
I have my freedom but I don't have much time
Faith has been broken tears must be cried
let's do some living after we die
Wild Horses, couldn't drag me away
Wild, wild horses, couldn't drag me away

Wild Horses couldn't drag me away
Wild, wild horses, we'll ride them someday

segunda-feira, junho 21, 2010

Lençol Sujo




Lençol sujo
Um casal, recém-casados, mudou-se para um bairro muito tranqüilo.
Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou através da janela em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido:
- Que lençóis sujos ela está pendurando no varal!
- Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a mulher comentou com o marido:
- Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um tempo a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido:
- Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que outra vizinha ensinou?
O marido calmamente respondeu:
- Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela!
E assim é.
Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos.
Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir, verifique seus próprios defeitos e limitações. Olhe antes de tudo, para sua própria casa, para dentro de você mesmo.
Só assim poderemos ter noção do real valor de nossos amigos.
Lave sua vidraça.
Abra sua janela.
Autor desconhecido
Metáfora enviada por Adrina "Silva".

Fonte:http://www.tadashi.com.br/metaforas.asp?cod=43

Criticar é fácil pra caramba dizer que o time é ruim, que o fulano não joga nada que você faria uma escalação diferente... mas imagine como deve ser complicado ser técnico da Coréia do Norte?? Pense nisso, vamos parar de criticá-lo... rs.. brincadeirinha para descontrair.. 

Abraços,

Zidane

quarta-feira, junho 16, 2010

Qualidade X Limites

Viver no limite não necessáriamente é viver com qualidade, aproveitar ao máximo uma ocasião, não necessariamente é ter aproveitado com qualidade.

Andamos na beira dos limites de nossas vidas, faz tempo... aprendemos a viver assim, e ainda temos de arrumar um jeitinho de aumentar o tal limite por muitas vezes.

E quem não anda no limite, quem não quer sempre mais, é acomodado, sussegado demais, e até lerdo.

Mas então paro pra perguntar pro meu sábio umbigo, vale a pena viver no limite?

No limite de tempo, sempre atrasado, desperdiçando momentos.. stress..
No limite financeiro, ficar "raspando" pra terminar o mês...
No limite de velocidade, e as vezes até acima.. ops.. olha o radar!
No limite de saúde, sem atividade física, sem comer adequadamente, etc
No limite da paciência, qual o tamanho do seu pavil?
No limite físico e mental, cansados, exaustos... e parece que o dia não rendeu.
No limite do sono, dormindo pelos cantos, qualquer 10 minutos já valeu.
E assim vai...
No limite das notas...
No limite do trabalho...

E a qualidade?

Será que precisa mesmo de tanta coisa? Não consegue um pouco mais de tempo fazendo coisas a menos? e faz com qualidade?
É necessário? Superfulo? Vai comprar por status? Saindo do limite, sobrando um pouco da grana...
Que tal andar na faixa da direita, de vez enquando só para experimentar como o stress é menor, e os 5 minutos que economiza, não faz tanta diferença assim
Que tal, uma caminhada no domingo na hora do silvio santos na tv? experimente desejar comidas mais saudáveis, aos poucos estará comendo... e quando ver, já é costume.
Praticar a paciência, experimente, pare na rua pra conversar com um idoso, ou com um mendigo, ouvir o mundo da pessoa... cada mente maravilhosa.
Permita-se perder a hora de tanto dormir de vez enquando, neste friozinho... que tal cobertor? Se for de orelhas melhor ainda.. rs
Estudar com qualidade, depois de noites bem dormidas, é outra coisa...
Trabalhar com bom humor, com paciência, com um corpo saudável, rende bem mais... rendendo mais, talvez até ganhe um aumento, e assim nem precisará mais trabalhar tanto.. fica de fora do limite...

Será que vale a pena?

Qualidade ou Limite?

Vou experimentar... e refletir.
Ocorreu um erro neste gadget